8 deputados de RO assumiram a Câmara de Deputado federal a partir de hoje

Cinco deles ocupam a vaga pela primeira vez, outros três foram reeleitos - Por - Jaqueline Alencar / Rondonoticias

BRASÍLIA DF – A Câmara empossou, nesta sexta-feira (1º), os 513 deputados eleitos para exercer o mandato até o início de 2023. A nova legislatura é marcada pela fragmentação partidária, com a presença inédita de 30 partidos, pelo crescimento da direita, pelo encolhimento do centro e pela participação recorde, ainda que tímida, de mulheres.

Oito dos deputados eleitos nas Eleições 2018 representam a Bancada Federal de Rondônia, cinco ocupam a vaga pela primeira vez, outros três foram reeleitos para o cargo que ocupavam.

Os homens continuam representando a maior parte. Apenas três mulheres foram eleitas, incluindo a primeira negra. Os partidos: PODE, PSD, PSDB, MDB, PP, PDT, PSB e PSL compoem a Bancada Federal de Rondônia. Nenhum deles teve mais de um candidato eleito.

Posse

Na Sessão de posse, coube ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que disputará a reeleição no início da noite, fazer a leitura do compromisso solene dos parlamentares: “Prometo manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil”, relatou.

Um a um, os deputados foram chamados a assumir o compromisso. “Eu prometo”, repetiram.

“Assumo uma nova missão: representar Rondônia em Brasília! Sou um filho da terra e sempre fui muito ligado às minhas raízes, então esse é um momento muito emocionante. Estou deixando para trás minha família, meus amigos e minha casa para lutar pela nossa gente em um novo lugar. Mas nunca fugi da luta, e sei que enfrentarei muitos desafios daqui pra frente. Embarco nessa jornada confiante, pois carrego comigo os sonhos e a coragem de cada rondoniense. Trabalharei no Congresso com a mesma garra de sempre. O trabalho segue em frente!”, escreveu em rede social Leo Moraes, o deputado federal mais votado das eleições 2018.

Na solenidade foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem ao deputado eleito Wagner Montes (PRB-RJ), que morreu no fim de semana. No lugar dele foi empossado Jorge Braz (PRB-RJ). Também foi comunicada a desistência de Jean Wyllys (Psol-RJ), substituído por David Miranda (Psol-RJ).

Perfil dos deputados de RO

Estreando a cadeira federal, o mais votado do estado para o cargo nas Eleições 2018, com 69.565 votos, Léo Moraes tem 34 anos e vai experimentar a cadeira federal pela primeira vez. Até então, foi vereador de Porto Velho e deputado estadual. Concorreu ao cargo de prefeito de Porto Velho em 2016, mas foi derrotado no 2° turno.

Advogada, Jaqueline Cassol, 44 anos também assume a primeira Legislatura na Câmara Federal. Nas urnas em 2018, obteve 34.193 votos e lidera o ranking dos deputados milionários do país com patrimônio declarado de R$ 10.015.845,53.

Jornalista e redatora, Silvia Cristina é a primeira deputada negra eleita em Rondônia para um cargo na Câmara. Conquistou 33.038 votos, tem 44 anos, nasceu em Linhares (ES), filha de uma cozinheira e um trabalhador braçal analfabeto, e deixa o mandato de vereadora de Ji-Paraná para assumir a Câmara Federal.

Outro que estreia na Bancada Federal é o médico por formação Mauro Nazif, 60 anos, eleito com 30.399. Político de carreira foi vereador de Porto Velho entre 1989 e 1993; deputado estadual de 1993 a 2003 e prefeito da capital de 2013 a 2016.

Também entre os novatos está o engenheiro e militar, coronel Chrisóstomo de Moura. Tem 59 anos e foi eleito com 28.344 votos. Do mesmo partido de Jair Bolsonaro (PSL), afirma que fará parte da “Bancada do fuzil” favorável aos projetos da Presidência. É natural de Tefé, Amazonas.

Reeleitos

O empresário Expedito Gonçalves Ferreira Netto, 30 anos já tem experiência na Câmara. Foi reeleito em 2018 com 39.953 votos e tem gestão marcada no primeiro mandato pela votação que fez contra a PEC do Teto dos Gastos Públicos. Em 2017, foi contrário à Reforma Trabalhista no Congresso.

Reeleita para o segundo mandato, Mariana Carvalho, 32 anos, é médica e atualmente moradora de Porto Velho. Irmã do vereador Maurício Carvalho (PSDB). Nas Eleições 2018, Mariana foi a terceira mais votada no estado, com 38.776 votos.

Reeleito com 38.630 votos, Mosquini tem apenas a experiência de deputado federal na carreira política. Formado em engenharia elétrica, tem 49 anos. Segundo a Câmara, no 1° mandato, recebeu o auxílio-moradia de R$ 7.320,00 nos anos anteriores. Até 2018 ele tinha 20 pessoas trabalhando em seu gabinete.

Tags

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker